Saiba como identificar e alcançar o público-alvo do seu negócio

É provável que você tenha uma ideia de quem é o seu público-alvo. Mas você sabe onde eles estão e como atingi-los? Veja essas 7 dicas

Público alvo: pessoas em meio a multidão

(Crédito: 123RF)

Você sabe quem é seu público-alvo? Para a maioria das empresas, a resposta é sim. Saber quem vai comprar o seu produto ou serviço é uma parte fundamental da criação de um negócio que prospera.

Quanto mais cedo você definir quem é seu público-alvo, mais específico você consegue ser e vai conseguir alcançar essas pessoas com menos dinheiro. Além disso, vai encontrar novos públicos e crescer no futuro. Todas as empresas, independentemente do tamanho ou da indústria, devem seguir essas sete etapas compartilhadas pelo site Business News Daily para criar um plano de marketing que atinja seu objetivo.

1. Tenha um plano concreto

Para alcançar efetivamente seu cliente-alvo, primeiro você precisa de um plano de marketing definido.

Use o perfil do cliente-alvo como um guia. Considere onde seus clientes obtêm suas informações, que outros interesses eles têm, seu uso de mídia social, região geográfica e outros dados demográficos. Ter um plano de marketing claramente definido permite não só alcançar o seu público-alvo, mas também o mais economicamente possível.

Não gaste dinheiro para que 10 pessoas ouçam sua mensagem quando apenas três pessoas vão comprar.

Cadastre-se e receba novidades e dicas sobre empreendedorismo

2. Crie parâmetros

Além de um plano concreto, tenha referências claramente definidas que você possa usar para rastrear seu desempenho. Comece com seus objetivos. Você precisa de algo para alcançar e também algo para comparar.

Defina os parâmetros de quão bem o seu marketing converte em clientes, o custo do que você está gastando e a receita que você ganha como resultado. Acompanhe, não apenas os resultados gerais do seu marketing, mas também como as estratégias específicas são convertidas. Por exemplo, se você executar um anúncio, inclua um código de desconto que os clientes possam usar quando fizerem um pedido. Caso contrário, você não saberá se eles encontraram sua empresa por meio do anúncio ou de outra fonte.

3. Esclareça sua mensagem

Marketing é tudo sobre mensagem. Mas um dos erros mais comuns que se vê nas empresas é não ter uma mensagem clara.

Dar ao seu público uma razão para se importar é uma parte essencial da criação de um plano de marketing que o alcance. Vá até o perfil do cliente-alvo e use para identificar os pontos problemáticos aos quais ele é mais sensível. Em seguida, crie uma mensagem clara e concisa que enfoque as maneiras pelas quais sua empresa resolve esses problemas.

4. Peça ajuda

Você não pode fazer tudo sozinho. Considere um consultor de marketing para ajudar a montar um plano estratégico. Ou pelo menos converse com um especialista para elaborar uma estratégia.

Se você não puder pagar um consultor de marketing, pergunte a um amigo. É fundamental obter algumas ideias de alguém de fora do negócio.

Ao falar com alguém que tenha distância da sua empresa, você terá uma noção mais clara da probabilidade de alguém reagir ao seu marketing da maneira que desejar.

5. Considere parcerias estratégicas

Parte do perfil do seu público-alvo deve ser uma informação sobre onde seu público está. Ou seja, a mídia que ele consome, as atividades que ele curte e os locais que visita. Estes são lugares onde seu marketing é garantido para ser visto pelas pessoas certas.

Para identificar possíveis parcerias, pense em quais empresas ou canais de mídia já atraíram efetivamente seus clientes. Procure empresas que não sejam concorrentes, mas que já atendam a esses públicos. Em seguida, aborde com ideias para parcerias mutuamente benéficas, como publicidade, promoções conjuntas ou descontos.

6. Tenha um cronograma realista

Embora você queira começar a fazer vendas rapidamente, uma parte fundamental de alcançar seu público-alvo é ter paciência para permitir que seu marketing funcione.

Para atingir efetivamente seu público, seu plano de marketing deve incluir um cronograma. Cada estratégia deve ter tempo suficiente para ter sucesso ou falhar antes de passar para a próxima tarefa. Isso inclui ser realista sobre a época do ano e como as mudanças sazonais afetam as necessidades e interesses de seus clientes.

7. Foque nos relacionamentos

Em muitos casos, a melhor maneira de comercializar efetivamente é pensar menos sobre marketing e mais sobre relacionamentos. Em vez de se concentrar em como você pode vender para seu público-alvo, crie um plano que construa sua confiança em seus negócios e mostre que você os entende.

Esse processo leva tempo. É por isso que é preciso ser realista sobre quanto tempo você dá uma parte de sua estratégia antes de passar para outra coisa. Também é necessária uma comunidade, incluindo essas parcerias estratégicas.

Empresas bem-sucedidas são aquelas que se concentram em investir nessa comunidade em torno delas, de seus clientes a seus colegas. Ninguém consegue sucesso sozinho.

Esse artigo foi útil? Inscreva-se na newsletter do Negociarias e receba semanalmente mais dicas de empreendedorismo.