Conheça 3 maneiras científicas de se recuperar de um revés

Cometer erros é comum a todos. Mas o que você faz depois do tropeço é o que determina o seu sucesso

Homem com mão na testa e boca aberta demonstrando um estado de susto após um revés.

(Crédito: bowie15/123RF)

Errar certamente não está nos seus planos. Mas erros são inevitáveis. A forma como você os encara é que faz a diferença. Você deixa o problema paralisá-lo ou o utiliza como experiência de aprendizado? Cresce através do erro? Existem mecanismos e abordagens mentais cientificamente comprovados para ajudá-lo a se recuperar de um revés.

O site Inc. deu três dicas para você aprender a se recuperar de contratempos. Com elas, você pode até mesmo enxergar vantagens nos erros.

1. Seja otimista

Se você não nasceu otimista, não tenha medo. Otimismo pode ser ensinado.

Ajuste seu “estilo explicativo”, ou seja, a maneira como explicamos a nós mesmos como vivenciamos um evento em particular. É uma forma de aprender a permanecer positivo diante da adversidade.

Da próxima vez que você estiver frente a frente com um contratempo, pense em três pontos:

Cadastre-se e receba novidades e dicas sobre empreendedorismo
  1. permanência – quão permanente é o revés?
  2. generalizada – o revés afetará toda a sua vida ou apenas parte dela?
  3. personalização – o revés é realmente algo que você causou?

Pessoas otimistas fazem um bom trabalho ao reconhecer eventos ruins como temporários. Também sabem separar que não se infiltrem em outros aspectos de suas vidas. E, em vez de se culparem pelo o que aconteceu, elas sabem externalizar os problemas.

+Leia também:
– A importância da motivação para o empreendedor
– Saiba como o medo pode te alavancar ao empreendedorismo
– Como a técnica mindfulness pode melhorar o foco da sua equipe

2. Use mecanismos de enfrentamento saudáveis

Resista ao desejo comum de ficar no sofá, assistindo a TV enquanto come demais em isolamento. O enfrentamento ativo requer mais esforço. Você usará seus recursos para gerenciar emoções negativas e melhorar sua situação. Mas o ajudará a se sentir melhor a longo prazo.

+Leia também: Como não cair em armadilhas ao ter um negócio em casa

Os métodos de enfrentamento ativo incluem o envolvimento em atividades sociais e o exercício, que libera endorfinas, as substâncias químicas em nosso cérebro que nos fazem sentir bem. Pesquisas recentes de Princeton até sugerem que o exercício reduz a ansiedade e ajuda as pessoas a lidar melhor com o estresse.

Fazer algo criativo também pode fazer você se sentir melhor. Pessoas que participam de uma atividade criativa têm níveis mais altos de bem-estar. 

+Leia também: Trabalho e vida pessoal: como desapegar e virar a chave

3. Aprenda com seus erros

Outra coisa saudável para fazer na sequência de um revés é refletir. Tente um pensamento voltado para o crescimento. Concentre-se no que aprendeu e como esse conhecimento pode ajudá-lo a avançar em sua carreira. Não foque no fracasso.

O fracasso pode fazer você se sentir tão desencorajado que perde a perspectiva. Mude para descobrir o que você pode aprender com a experiência. Determine como isso vai ajudá-lo a crescer. Assim, você pode causar um curto-circuito no processo de culpa.

+Leia também: 7 lições aprendidas diante do fracasso de empreendedores

Seus erros podem até ajudar os que estão ao seu redor. Faça um esforço consciente para compartilhar com as pessoas ao seu redor. Isso ajudará toda a organização a melhorar.

Provavelmente não existe um empreendedor que não tenha enfrentado um revés. É como você lida com esses desafios que determinam o seu sucesso.

Esse artigo foi útil? Inscreva-se na newsletter do Negociarias e receba semanalmente mais conteúdo sobre empreendedorismo.