Como liderar em períodos de transição

Veja algumas maneiras de como os líderes podem fazer um gerenciamento tranquilo durante os períodos de transição da empresa

Liderar em transição

(Crédito: rawpixel/123RF)

As empresas estão mudando constantemente. É geralmente durante esses períodos de transição que os líderes podem dar o exemplo. Esses períodos são estressantes para todos os envolvidos. No entanto, os líderes que conseguem gerenciar com eficiência essas mudanças podem ajudar suas organizações a terem mais sucesso.

A transição pode assumir muitas formas. Mas o modo como um líder lida com a transição deve permanecer praticamente o mesmo. Por exemplo, quando uma empresa passa por uma mudança de gerência, todo mundo tem um pouco de ansiedade sobre como a empresa será administrada por uma nova pessoa. Por outro lado, quando uma empresa transita para um novo local físico ou para uma direção estratégica diferente, os funcionários se preocupam com o modo como suas rotinas e responsabilidades diárias podem mudar.

Em ambos os casos, o modo como os líderes se comportam pode afetar a eficiência com que uma empresa consegue chegar ao outro lado de uma transição. O site Open Forum listou três estratégias que os líderes podem usar para gerenciar nas transições.

1. Desenvolva uma atitude de confiança e calma

Os líderes geralmente estão na linha de frente da comunicação com os funcionários e respondem às perguntas. Como tal, ajuda se eles transmitem confiança. E pode ajudar os funcionários a se sentirem à vontade com as mudanças.

Seu comportamento deve dar a impressão de que a equipe de gerenciamento tem sido muito cuidadosa em sua abordagem para fazer a mudança. Se você não concordar com as alterações ocorridas, ainda é responsabilidade da sua gerência executar essas alterações.

Cadastre-se e receba novidades e dicas sobre empreendedorismo

A exceção será se você não quiser mais apoiar a empresa em seus esforços daqui para frente como resultado dessas mudanças. Nesse caso, desenvolver a confiança para potencialmente deixar a empresa porque você pode discordar das mudanças também é uma abordagem honrosa. Mesmo se você for embora, você pode demonstrar a capacidade de liderar pelo exemplo. E pode inspirar outras pessoas a fazer o mesmo.

Além disso, desenvolver uma atitude de tranquilidade durante a transição pode ser um bom presságio para ajudar tanto a equipe de gerenciamento quanto os funcionários a lidar com o impacto emocional que tende a surgir durante as transições.

2. Use a transição como uma oportunidade para demonstrar a cultura que você quer após a transição

Os líderes podem alavancar as transições como forma de desenvolver uma nova cultura com seus colegas.

Verbalize os aspectos positivos da cultura de escritório anterior que queira manter, bem como os aspectos negativos que queira eliminar. Comece a colocar em prática as palavras reforçando novas políticas de escritório e recompensando o comportamento de quem adotou as novas normas culturais.

A intencionalidade também faz parte do uso de transições como uma oportunidade para afetar positivamente a cultura de uma organização. Considere obter ativamente o feedback dos colegas. Em seguida, incorpore essas opiniões em um plano futuro. Pode ser uma ótima maneira de demonstrar sua intencionalidade e liderar pelo exemplo.

3. Seja o mais transparente possível sobre a mudança

Transições podem produzir resultados positivos para alguns e resultados negativos para outros. Independentemente do efeito, os líderes que são tão transparentes quanto possível sobre as implicações da mudança estão se preparando para o sucesso.

Por exemplo, a alta rotatividade de funcionários pode causar grandes mudanças para as empresas. A rotatividade de funcionários pode causar uma diminuição na produtividade e na interrupção geral da empresa.

Nesses casos, os líderes podem comunicar a todas as partes relevantes sobre a natureza do volume de negócios, como a empresa planeja lidar e o efeito que terá na base de funcionários existente. Errar do lado de mais transparência do que menos permite que os funcionários vejam que você está reconhecendo a mudança. E gerenciando ativamente através dela.

No entanto, os líderes também devem exercer um nível de prudência na medida em que não divulguem informações que suscitem muitas perguntas ou levantem mais preocupações do que o pretendido. Uma estratégia tática possível para avaliar o nível apropriado de transparência é primeiro testar suas mensagens (sem violar qualquer confidencialidade) com um colega de trabalho confiável que tenha um bom pulso sobre como seus colegas responderão à sua mensagem.

Independente de qual estratégia você usa, o sucesso emanado de líderes que empregam essas estratégias com autenticidade é maior. Quando os funcionários acreditam em sua autenticidade na entrega e execução dessas estratégias, você aumenta suas chances de sucesso em qualquer transição.

Esse artigo foi útil? Inscreva-se na newsletter do Negociarias e receba semanalmente mais dicas de empreendedorismo.