Assuma o controle financeiro do seu negócio em 8 passos

Quando você abre o seu próprio negócio está em busca de realizar sonhos. Mas junto deles estão as muitas contas de uma empresa. Você sabe como administrar essas finanças?

Controle financeiro: caderno, calculadora e moedas

(Crédito: arnut09job/123RF)

Assumir o controle financeiro é fundamental para o crescimento do seu negócio. É preciso organização e disciplina, mas um boa gestão financeira garante bons resultados. Inicialmente, pode parecer uma tarefa árdua. Mas, com dedicação, qualquer um pode aprender a administrar suas contas empresariais.

O site Startupi pediu a ajuda de especialistas em soluções financeiras para fazer um passo a passo para o empreendedor dominar o seu fluxo de caixa.

1. Fique atento ao seu saldo

Não pule etapas e comece do princípio. O primeiro passo para uma boa gestão financeira é saber exatamente qual é o seu saldo inicial. Ou seja, quanto você tem para começar o negócio. A partir desse valor, registre todas despesas e receitas diariamente. Assim, você terá um melhor entendimento do seu fluxo de caixa. Em outras palavras: você saberá exatamente quanto entrou e quanto saiu de sua empresa.

2. Observe as entradas

A cada venda, anote os valores, datas de recebimento, de onde vieram as receitas e quais foram as formas de pagamento. Através desses dados, você saberá quais são seus ganhos e quem são seus clientes mais lucrativos.

+Leia também: Você sabe diferenciar lucro, lucratividade e rentabilidade?

Cadastre-se e receba novidades e dicas sobre empreendedorismo

3. Calcule suas despesas

Assim como fez com as entradas, faça com as saídas. Detalhe o destino e a forma de pagamento. Lembre-se que você pode classificar as despesas como fixas e variáveis.

4. Entenda seus gastos

Registre e analise os custos para fazer um produto ou prestar um serviço. Anote desde o preço da matéria-prima até a mão de obra. Só assim você saberá o real custo de produção e poderá calcular seu preço com melhor margem de lucro.

+Leia também: Conheça estratégias para reduzir os custos no seu negócio

5. Você sabe o que é saldo operacional?

Saldo operacional é o total de entrada menos o valor total de saída. Fazer um acompanhamento regular desse saldo é importante para saber o equilíbrio financeiro da sua empresa.

6. Saldo final

Some o saldo inicial (passo 1) com o saldo operacional (passo 5) e você terá seu saldo final. Esse é o valor que você vai quantificar a receita da empresa ou se houve um fechamento negativo. O resultado será útil para fazer comparativos com próximos períodos e também com anteriores.

7. Capital de giro

O capital de giro nada mais é do que o quanto você precisa para manter as operações da empresa. Ou seja, é preciso saber calculá-lo para manter as contas em dia. Basta seguir a fórmula:

ativo circulante – passivo circulante = capital de giro líquido

Ativos circulantes são, por exemplo, aplicações financeiras e contas a receber e caixa. Já os passivos circulantes podem ser as contas a pagar, fornecedores e empréstimos.

8. Disciplina

Revise e analise os processos regularmente. Observe onde pode reduzir custos. Suas chances de crescer ficarão cada vez maiores. E suas finanças sem riscos.

Esse artigo foi útil? Inscreva-se na nossa newsletter e receba mais dicas para sua empresa crescer.