5 arrependimentos que um líder deve evitar ao chegar no topo

O caminho para o sucesso é árduo. A dor é inevitável, mas o sofrimento é opcional. Conheça os maiores remorsos de empreendedores e aprenda como não cometer os mesmos erros

Líder pensando nos seus arrependimentos

(Crédito: ocusfocus/123RF)

Se você não for cuidadoso, a vida de empreendedor pode sugar sua vida pessoal. Empreendedores não têm um botão de desligar. O que significa que pensam constantemente em como impulsionar seus negócios. E o tempo todo se perguntam se não poderiam fazer mais. Entretanto, trabalhar muito pode trazer arrependimentos futuros.

Marissa Levin, fundadora e CEO da Successful Culture, resolveu perguntar a alguns empreendedores quais eram seus maiores arrependimentos em suas jornadas. A própria Marissa respondeu: “ao construir três empresas ao longo de quase 25 anos, aprendi em primeira mão o poder da mentalidade e a importância de praticar o amor-próprio, o auto-perdão e a auto-apreciação”.

A CEO listou para o site Inc. as cinco respostas mais citadas.

1. Não investir mais tempo ao lado da família e de amigos

Muitos líderes lamentam o número desproporcional de horas que investem em seus negócios, em comparação com o tempo que investem em seus relacionamentos.

Para superar isso, eles instituíram uma forte autodisciplina e estrutura para serem impiedosamente focados. No trabalho de CEO, é preciso rever constantemente suas prioridades para garantir que as tarefas não essenciais não atrapalhem seus cronogramas.

Cadastre-se e receba novidades e dicas sobre empreendedorismo

+Leia também:
– Trabalho e vida pessoal: como desapegar e virar a chave
– 6 dicas para os pais equilibrarem a vida pessoal e profissional
– 10 dicas de empreendedoras para equilibrar a vida pessoal e o trabalho
 

2. Não priorizar a saúde

Problemas de saúde têm um jeito de nos assustar. De acordo com um estudo da Harvard Business Review, pessoas que trabalham muito têm uma probabilidade alarmante de ter um ataque cardíaco aos 50 anos.

Há muitas maneiras de resolver isso:

  • Comprometa-se a agendar todas as consultas médicas necessárias e cumpre rigorosamente;
  • Analise seus padrões de trabalho e faça mudanças. Desconecte-se;
  • Faça uma atividade que o mantenha fisicamente ativo. Comprometa-se com uma aula regularmente programada em sua academia ou junte-se a uma equipe esportiva. Os compromissos vão te obrigar a seguir sua programação;
  • Avalie quanto de sua identidade está envolvido em seu trabalho. Se nada mais te define, considere como você pode se expandir para desenvolver mais conexão emocional e satisfação.

+Leia também:
– Saúde: empreendedoras precisam se cuidar, diz pesquisa
– 6 sinais de que a falta de sono está te prejudicando no trabalho

3. Não permanecer fiel aos valores e ao que importa

À medida que as empresas crescem, é fácil descer a ladeira escorregadia de buscar apenas lucro. Especialmente em tempos de dificuldades financeiras, é tentador perseguir frutos que não se alinham com seus objetivos organizacionais. Quando os líderes sentem que seu senso de propósito se torna embaçado, eles dizem que sofrem tanto pessoal quanto profissionalmente.

4. Ficar preso ao fracasso, aos sonhos perdidos e ao que poderia ter sido

Os empresários gostam de se agarrar a sonhos desfeitos: “e se eu tivesse me movido mais rápido?”, “e se eu me movesse mais devagar?” “e se eu tivesse arriscar mais?”, “e se eu tivesse arriscado menos?”.

Ser capaz de liberar o que não é mais viável é uma das estratégias mais importantes para aceitar o que é.

+Leia também:
– 7 lições aprendidas diante dos fracassos dos empreendedores
– Conheça 3 maneiras científicas de se recuperar de um revés

5. Centralizar tudo e não delegar

Um dos arrependimentos mais comuns de empreendedores em empresas de todos os portes é não construir equipes ou não confiar em equipes com rapidez suficiente. Concentrem-se no trabalho que amam, que fazem bem e que é o melhor uso do tempo. Todo o resto deve ser terceirizado.

Esse artigo foi útil? Inscreva-se na newsletter do Negociarias e receba semanalmente mais conteúdo sobre empreendedorismo.